Segunda-feira, 1 de Agosto de 2011

Animais de estimação

Os meus pais sempre tiveram cães, mas como eram de caça, estavam fora de casa, no quintal. Houve um dia, tinha eu uns 11 anos, estava a tomar conta da loja do meu pai, quando lá foi um amigo caçador levar um cão pequenito - dizia que era para a caça! A verdade é que era uma cadelita, parecia um rato de tão pequenino ser: a Cheeta. A minha mãe bem ralhou e tal, mas eu e o meu irmão, lá conseguimos manter a cadela dentro de casa. Nunca vi quem fizesse tanta companhia, sempre ao pé de nós, latia para lhe abrirmos a porta e fazer as suas necessidades na rua, uma amiga. A Cheeta teve duas ninhadas, de uma nasceu a Mina e o Ruca, e mais um que oferecemos e noutra ninhada nasceram mais 3 cachorrinhos, todos para dar. - posso dizer que assisti ao parto dos cãezinhos e que ainda gostei mais da minha cadela amiga! A Mina, oferecemos ao avô do Bruno, e era uma cadelita a pilhas, que se tornou a sombra do avô do Bruno. Acabou por morrer algum tempo depois, acredito que de saudades do dono - muito meiga e muito amiga. O Ruca teve um filhote, o Nico, que o Bruno disse que ia "vender" a um senhor la da terra, a verdade é que o Nico não era parecido com o pai, alias, na côr era, mas era arraçado com um Fox Terrier, e o sr. rejeitou o cão. O Ruca foi oferecido a uns amigos dos meus pais, e viria a ser atropelado uns anos depois... O Nico: Muito enérgico, e que ficou a dormir com o Bruno em Coimbra, quando ele estudava, que se afeiçoou-se tanto ao cão que o trouxe para viver com os pais. Assim, tornou-se na companhia dos meus sogros, e mesmo não aceitando um cão dentro de casa, quando o meu sogro virava costas entrava pela casa dentro;) Era um traquinas, sempre disposto a dar mais uma corrida, e que nos últimos anos era a sombra do meu sogro, ora em Côja, ora em Alcabideche, onde estava um estava o outro. A Cheeta, estava gravida do Guilherme morreu de idade avançada... O Nico, foi esta noite, após envenenamento... Sei que este blog é para partilha dos momentos do Guilherme e agora do feijãozinho, mas o Guilherme adorava ir dar festinhas no Nico, aliás, o Guilherme enumera os animais como fazendo parte da família... por isso sei que vem ai uma conversa triste
publicado por sandra_bruno às 11:23
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

.mais sobre mim

.Junho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Animais de estimação

.arquivos

. Junho 2014

. Maio 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

.links

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds